Mangueiras

Mangueiras

Mangueiras são componentes para transporte de fluidos e gases. Estão entre as peças responsáveis pela condução dos fluidos como no sistema de arrefecimento, onde ajuda a controlar a temperatura do motor do carro ou em sistemas de admissão de ar, conduzindo o ar entre os sistemas de filtragem e combustão ou até mesmo no transporte de combustível do tanque ao sistema de injeção.

Mangueira de filtro de ar

A mangueira do filtro de ar pode ser considerada um componente de grande importância no correto funcionamento do motor. Ela faz parte do sistema de aspiração do veículo e é responsável por conduzir o ar que passou pelo filtro até a entrada do motor. 

A principal função da mangueira do ar é conduzir o ar já filtrado para o motor de forma a garantir que os contaminantes externos, que existem na atmosfera, não entrem no motor sem passar antes pelo filtro.  

Sabó 55165

Construção

As mangueiras automotivas são, em sua grande maioria, compostas basicamente de borracha. A construção e complexidade destes componentes varia de acordo com as características de cada aplicação. 

  • Borracha (Corpo): Responsável pela condução dos fluídos e gases assim como deve assegura a vedação nas junções com os demais componentes dos sistemas em que irá trabalhar. A borracha deve apresentar resistência mecânica, resistência aos fluídos, gases e variações de temperatura de acordo com as condições de trabalho.
  • Reforço:Para algumas aplicações é necessário a utilização de reforços estruturais na construção da mangueira. Estes reforços visam dar maior resistência as mangueiras em condições severas de pressão e normalmente são utilizados reforços têxteis fabricados com fibras especiais de alta resistência.

Manutenção/Inspeção:

Por se tratar de um componente de borracha e, independentemente do tempo de uso, qualquer sinal de ressecamento ou rachadura é considerado um bom motivo para a substituição. Isso porque se houver a ruptura de uma mangueira o veículo poderá ficar inoperante ou causar outras avarias. 

Uma falha na fixação ou uma ruptura na mangueira do filtro de ar pode favorecer a entrada de contaminantes presentes na atmosfera, danificando os componentes internos do motor.

Uma forma simples de avaliar o estado de conservação das mangueiras é através da inspeção visual das extremidades. Esta região é onde ocorre a fixação das mangueiras aos demais componentes e deve estar livre de indícios de ressecamento e trincas. Outro aspecto fundamental para ser observado é a condição de aperto das abraçadeiras, que não podem estar nem muito apertadas nem soltas.

A fixação incorreta das mangueiras ou de outros componentes pode causar atrito indesejado na mangueira ocasionando um desgaste prematuro e causar consequentemente um vazamento ou a entrada de contaminantes.

É importante ressaltar que a ruptura da mangueira do filtro de ar não é acusada no painel de instrumentos nem perceptível através de variações no funcionamento do motor. Desta forma uma mangueira de filtro de ar danificada será percebida apenas por meio de uma revisão ou inspeção. A não detecção da falha poderá ocasionar danos significativos no motor devido a entrada de contaminantes, mas isto não acontece instantaneamente.

Nossa recomendação é seguir as orientações dos fabricantes para a realização das manutenções preventivas.